79.º C.C. Senhoras

Clausura presidida por D. Anacleto Oliveira

Encerramento da Escola do MCC

No passado 3 de junho

13.ª Escola do MCC - 20/5/2019

Apresentada por Conceição Ponte

82.º C.C. Homens

Decorreu de 8 a 11 de maio

12.ª sessão de Escola - 6/5/2019

Por Padre Armando Dias

11.ª sessão de Escola - 1/4/2019

Por Padre Vasco Gonçalves

Escrito por José Borlido

2019 03 18 00010A 10ª. Sessão de Escola realizou-se no dia 18 de março, no Centro Paulo VI, teve como palestrante o Bruno Gonçalves, que apresentou o tema: “Evangelii Nuntiandi – Anunciar o Evangelho aos Homens de Hoje”.

O Padre Bruno Gonçalves, começou por referir que a Igreja tem consciência de que é instrumento de salvação.

Citando a Evangelii Nuntiandi, referiu que esta tem sete capítulos que falam da Igreja Contemporânea dos pós Concílio Vaticano II.

Escrito por José Borlido

2019 03 04 00002A 9ª. Sessão de Escola teve lugar no dia 4 de março, no Centro Paulo VI e foi palestrante o Padre João Paulo, que apresentou o tema: “ Liturgia Fonte de Evangelização”

O Padre João Paulo começou por referir que a atividade que que tem por definição o Evangelho, destina-se primeiro aos não crentes e depois para os crentes, para aprofundar a sua fé.

Escrito por José Borlido

78ccsenhorasRealizou-se de 13 a 16 de março no Centro Paulo VI, o 78º. Cursilho de Cristandade de Senhoras da nossa Diocese, em que participaram 13 novas Cursilhistas VI, vindas dos Arciprestados de: Arcos de Valdevez, Caminha e Viana do Castelo.
Foi Reitora do Cursilho a Dirigente Nazaré Cesaltina Asseiro, de Reboreda, Vila Nova de Cerveira, que coordenou uma equipa de 11 Dirigentes do MCC.

Escrito por José Borlido

2019 02 18   8escola d. anacletoNo passado dia 18 de fevereiro, no Centro Paulo VI, realizou-se mais uma Sessão de Escola do MCC «Movimento dos Cursilhos de Cristandade» em que foi palestrante o Bispo Diocesano D. Anacleto Oliveira, que apresentou o tema “O Evangelista do ano «S. Lucas» ”.

No início da Sessão, D. Anacleto Oliveira, apresentou o 1º. Volume da nova tradução da Bíblia, de cuja equipa coordenadora foi Presidente e cujo prefácio é por si assinado e que suscitou grande curiosidade por parte dos presentes na Sessão.

Escrito por José Borlido

2019 01 21 00006Realizou-se no dia 21 de janeiro de 2019 Cristandade, a 6ª. Sessão de Escola do MCC, em que foi palestrante o Padre Christopher de Sousa, pároco de Santa Marta de Portuzelo; que apresentou o tema: “Evangelii Gaudium – O compromisso comunitário na Evangelização”

O Padre Christopher começou a sua reflexão referindo que: existe hoje uma crise no compromisso comunitário, sendo importante que nos deixemos guiar pelo Evangelho de Jesus Cristo, dando-nos em seguida uma imagem das opções das pessoas «na sociedade de hoje»; a dependência das novas tecnologias, em detrimento do relacionamento humano, mostrando-nos as várias vertentes dessa dependência como: os médios, os computadores, os telemóveis, entre outras.

Escrito por José Borlido

2019 02 04 00002Realizou-se no dia 04 fevereiro de 2019 Cristandade, a 7ª. Sessão de Escola do MCC, em que foi palestrante Joaquim Mota, Presidente do Secretariado Nacional dos Cursilhos de Cristandade, que apresentou o tema: “MCC – CAMINHO DE EVANGELIZAÇÃO”.

O Palestrante começou por referir que, sempre que lemos sobre o Movimento, encontramos coisas novas; É assim com Cristo: Em seguida deu-nos uma descrição dos Cursilhos de Cristandade, desde a origem e fundação em Palma de Maiorca, decorria o ano de 1949, entrado em Portugal pela Diocese de Leiria Fátima, realizando-se em Fátima o 1º. Cursilho, a 28 de novembro de 1960, quando era Bispo D. José Fernandes, que na altura fez a afirmação: “A Obra nasce em Fátima nunca acabará”.

Escrito por José Borlido

2018 12 10 00006Realizou-se no dia 10 de dezembro de 2018, no Centro Paulo VI, a 4ª. Sessão da Escola do Movimento dos Cursilhos de Cristandade, em que foi palestrante o Padre Fábio Carvalho, «Capelão do Hospital de Santa Luzia» que apresentou o tema “Gaudete Et Exultate – è possível ser santo hoje?”.

O Padre Fábio Carvalho realizou todo o seu trabalho, baseado na Exultação Apostólica “Gaudete Et Exultate”, onde o Papa Francisco nos revela que todos podemos ser santos. Ser santo é ter a santidade presente, é um objectivo de saúde. É possível ser santo hoje; esta é uma pergunta fundamental, que pressupõem logo que a vida supera a mera horizontalidade dos conceitos.