Escrito por José Borlido

2019 01 21 00006Realizou-se no dia 21 de janeiro de 2019 Cristandade, a 6ª. Sessão de Escola do MCC, em que foi palestrante o Padre Christopher de Sousa, pároco de Santa Marta de Portuzelo; que apresentou o tema: “Evangelii Gaudium – O compromisso comunitário na Evangelização”

O Padre Christopher começou a sua reflexão referindo que: existe hoje uma crise no compromisso comunitário, sendo importante que nos deixemos guiar pelo Evangelho de Jesus Cristo, dando-nos em seguida uma imagem das opções das pessoas «na sociedade de hoje»; a dependência das novas tecnologias, em detrimento do relacionamento humano, mostrando-nos as várias vertentes dessa dependência como: os médios, os computadores, os telemóveis, entre outras.

O Papa Francisco recomenda-nos que digamos não à economia de exclusão: Assim como o mandamento não matar, põem o limite claro para assegurar o valor de vida; assim hoje devemos dizer não a uma economia de exclusão da desigualdade social.

Dizer não à nova idolatria do dinheiro; há uma crise antropológica profunda na sociedade; as desigualdades gritantes geram violência. Quando a sociedade local, nacional ou mundial abandona na periferia uma parte de si mesma; não há programas políticos nem forças da ordem, ou serviços secretos que possam garantir indefinidamente a tranquilidade das pessoas.

Muitas vezes o conforto das cidades esquece-se das periferias, sendo abandonados á sua sorte. É essencial encontrar novas formas, novos modelos, para que as pessoas se possam relacionar com Deus, uma vez que vivem numa comunidade concreta no universo de uma cidade grande, o que é minimizado quando se trata de uma comunidade ou cidade pequena.

O Papa Francisco recomenda que se criem espaços apropriados para motivar os agentes Pastorais; onde nos sintamos inseridos e corresponsáveis na comunidade. Lugares onde regenerar a fé em Jesus Cristo Crucificado e Ressuscitado; onde compartilhar as próprias questões mais profundas e as preocupações quotidianas; onde discernir em profundidade as questões que preocupam as pessoas.

O Padre Christopher alertou ainda os presentes, para o perigo de um pessimismo estéril, tendo presente que a alegria do Evangelho, como nos diz o Papa Francisco é tal que ninguém no-la poderá tirar; os males do nosso mundo e os da Igreja não deveriam servir de desculpa para não trabalhar-mos em comunidade na Evangelização.

Digamos sim às relações novas geradas por Jesus Cristo no seu Evangelho e procuremos estar permanentemente à procura do encontro gerado por Jesus Cristo.

O importante é olharmos para o mundo tal como ele é procurando Evangeliza-lo com a nossa vida.

Veja aqui as fotos desta sessão de Escola.