Escrito por José Borlido

Abertura da escola do MCC 4Teve lugar no passado dia 16 de outubro, pelas 21,15h no Centro Paulo VI em Darque, a sessão de abertura da “Escola do MCC” do Movimento dos Cursilhos de Cristandade da Diocese de Viana do Castelo, presidida pelo Bispo da Diocese D. Anacleto Oliveira.

A abertura da Escola teve inicio com a Celebração de uma Eucaristia, presidida por D. Anacleto Oliveira e concelebrada pelo Padre José Torres Lima, Assistente Espiritual do Movimento e Pároco de Areosa e Senhor do Socorro do Arciprestado de Viana do Castelo.

Após a Eucaristia o Assistente Espiritual do Movimento, Padre José Torres Lima, apresentou o Calendário da Escola do MCC a todos os Cursilhistas presentes, enumerando cada um dos temas das 13 sessões de Escola e respectivos palestrantes, referindo que a Escola que era designada de “Escola de Dirigentes” passou a chamar-se de “Escola do MCC”, dado que existia a ideia de se tratar de uma Escola só para Dirigente do MCC, quando se trata de uma Escola de Formação, para todos os que fizeram um Cursilho de Cristandade, visto que o MCC tem outra Escola que funciona só para a formação de quem trabalha nos Cursilhos.

Os temas Escola no corrente Ano Pastoral privilegiam os “40 anos da Diocese” e a Carta Pastoral do nosso Bispo D. Anacleto “Somos Igreja Que Agradece”.

No uso da palavra a Presidente da MCC Conceição Ponte, incentivou todos os Presentes para que frequentem a Escola ao longo do ano e incentivem outros a virem também, pois trata-se de um excelente meio de formação que o Movimento disponibiliza a todos os Cursilhistas.

Lembrou o Pré-Cursilho e que seria bom que nos 40 anos da nossa Diocese tivéssemos Cursilhos com elevado número de novos (as) Cursilhistas.

No uso da palavra D. Anacleto começou por se referir à sua recente Carta Pastoral “Somos Igreja que Agradece” , a primeira do triénio 2017/2020 que ele próprio apresentará na 1ª. Sessão de Escola, que terá lugar no próximo dia 30 de outubro pelas 21,15 horas; Agradecer e prepararmo-nos para desafios novos na vida da nossa Diocese. A Carta Pastoral é um guia espiritual da vivência deste ano de aniversário da nossa Diocese.

Às interrogações feitas do porquê dos 40 anos da Diocese, D. Anacleto referiu: Leiam a Carta Pastoral que lá encontram a explicação.

D. Anacleto apontou ainda que o tema do segundo ano do triénio, será sobre a Evangelização, referindo que o MCC é um Movimento de Evangelização, tal como o foi S. Paulo, seu Patrono.

Terminou referindo que seria bom que todos se empenhassem em levar mais pessoas a viver a experiencia de um Cursilho de Cristandade, que é uma vivência forte do encontro com Cristo e que nesse todos se incluem naturalmente os Sacerdotes nas suas Paróquias. A vossa vinda Escola, manifesta o desejo de cresceres nesse Amor com Cristo, concluiu o nosso Bispo.

Veja aqui as fotografias deste evento.